P√°ginas

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Delfinópolis - MG



ūüďĆDELFIN√ďPOLISūüďĆ





√Č um pequeno munic√≠pio do sudoeste de Minas, localizada nos arredores da Serra da Canastra, uma cadeia montanhosa localizada no centro-sul do estado de MG, nas proximidades do munic√≠pio de Delfin√≥polis, cerca de 310km de BH e 350km de SP.
O lugar √© privilegiado pelas incont√°veis op√ß√Ķes de passeios ecol√≥gicos que proporciona. S√£o trilhas e mais trilhas, vales, serras, paisagens deslumbrantes e mais de 150 cachoeiras de √°gua cristalina. A cidade √© ideal para realiza√ß√£o de atividades esportivas em contato com a natureza, como corridas, trilhas de jipe, moto ou bicicleta. 

DIA 1
Chegamos em C√°ssia, junto ao Rio Grande. Dali, 
atravessamos a Represa de Peixoto de balsa. Na ida não é cobrada nenhuma taxa, mas na volta pagamos R$ 23,00 e o trajeto dura aproximadamente 10 minutos.


Assistem o vídeo de travessia de balsa!


Da√≠, √† avenida Antenor Pereira de Morais e √† entrada de Delfin√≥polis! 

Uma caminhada pela pra√ßa central com a Igreja Matriz Divino Esp√≠rito Santo e imedia√ß√Ķes.


Hora de conhecer cachoeiras, mas era dif√≠cil, viu!! Olha quantas op√ß√Ķes t√≠nhamos. Optamos pelo Acqualume, fomos at√© l√°, mas estava fechado. 


Ent√£o seguimos para Cachoeiras do Para√≠so, √† 7,8 km do centro em estrada de terraūüĎá. O complexo todo conta com 8 cachoeiras: Para√≠so, Para√≠so II, Sofazinho, Coqueirinho, Lambaris, Borboleta, Vai quem Pode e Tri√Ęngulo. Para conhecer todas ter√° que caminhar aproximadamente 5 km em meio a montanha, passando por v√°rias nascentes de √°gua pot√°vel e diversos tipos de vegeta√ß√£o. 


Entrada para a cachoeira, nesse local encontra-se a recep√ß√£o, restaurante, estacionamento e banheiros. Pagamos uma taxa de R$ 25,00 por pessoa, e as √ļnicas recomenda√ß√Ķes s√£o: se observar que vai chover, voltar, pois o rio sobe muito r√°pido e seguir as placas indicativas das atra√ß√Ķes para n√£o se perder.


Uns 5 minutos da entrada já avistamos a Cachoeira Paraíso, existem algumas pedras onde é possível deixar suas coisas para um maravilhoso mergulho.


Atravessando essa ponte... 


...encontramos a Cachoeira Paraíso II.


Assistam o vídeo!!


A pr√≥xima cachoeira fizemos uma trilhaūüĎá de 1,5 km e a √ļltima cachoeira ficava √† 3,8 km, mas como j√° est√°vamos no meio da tarde, e amea√ßava chuva, e o atendente disse que se chovesse para voltar, pois aquela foto acima da ponte, o rio cobre e n√£o tem como passar. Desse modo n√£o conseguimos conhecer todas, apenas tr√™s.  

  
Cachoeira Sofazinho, bem tranquila fica meio em uma mata fechada é bem pequena mas ótima para banho.


DIA 2
Come√ßamos o dia cedo, pois ter√≠amos uma pequena viagem at√© o Vale do Gurita, uns 30 km do centro em estrada de terra. Um local com diversas cachoeiras e lindas vistas!! 


Logo no início depois de uma subida pela serra já tivemos essa linda vista da represa.


Depois de muito andar, encontramos o rio.


Agora sim, uma placa com todas as atra√ß√Ķes do local.


Optamos em conhecer a Cachoeira do Ouro, a mais distante de todas, rodeada por mata e uma grande queda, considerada uma das mais bonitas da Serra da Canastra. Tamb√©m pagamos uma taxa de R$ 25,00 por pessoa para visita√ß√£o. 


Para finalizar o dia, passamos a tarde no complexo Serro Alegre √© uma fazenda com diversas atra√ß√Ķes e hospedagem tamb√©m, fica a 2 km do centro. Taxa de R$ 10,00 por pessoa.
Antes de chegar na cachoeira essa imensid√£o de gramado verdinho.



Aqui o forte n√£o s√£o cachoeiras e sim quedinhas de √°gua, muito bom para relaxar.


DIA 3 
Mas um dia desfrutando da natureza. Agora, rumo ao Paraíso Selvagem, mais uns 35 km em estrada de terra, mas com belas paisagens!!


Depois de pararmos o carro no estacionamento do Para√≠so Selvagem seguimos √† p√©, por trilha at√© a primeira cachoeira, um canyon que vai afunilando, paredes super altas e vegeta√ß√£o se espremendo. Finalmente as paredes do canyon se fecham formando um belo lago. 


Uma das vistas do Paraíso Selvagem...


Fomos conhecer ent√£o o Complexo do Claro, muito recomendado, situado na mesma estrada de terra que est√°vamos, mas √© bem mais pr√≥ximo do centro, 6 km.
Lá existem 5 cachoeiras, sendo que uma delas é uma barragem, são relativamente próximas.


Consideramos duas mais pr√≥prias para banho, pois as outras s√£o quase imposs√≠vel entrar, devido a vegeta√ß√£o, ou muito funda, sem lugar para apoiar, entre outros.

A trilha que leva as todas elas s√£o praticamente assimūüĎá 


Cachoeira do Tenebrozo...


...Barragem...


...Cachoeira da Gruta...


Assistam o v√≠deo!ūüďĻ


Cachoeira da Paz, essa foi uma das que entramos na √°gua, que √© super cristalina, e tem at√© umas pedras que √© poss√≠vel ficar sentada ou deitada dentro d'√°gua. 


Cachoeira do Tombo, aqui também tomamos um delicioso banho, pois tem esse grande piscina natural.


Finalizamos nosso passeio por essa cidade cheia de aventuras, trilhas e cachoeiras. Seguimos ent√£o, para Arax√°.

Nenhum coment√°rio:

Postar um coment√°rio