P√°ginas

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

--Madri

ūüďĆESPANHAūüďĆ

Madri







Madri, capital da Espanha desde 1.561, abriga muitas atra√ß√Ķes; alguns dos mais famosos incluem o Museu do Prado e o Pal√°cio Real, o maior pal√°cio da Europa. 

DIA 1
Chegamos bem cedo em Madri vindos de Algeciras, ficamos hospedados perto da Puerta del Sol, o ponto de partida perfeito para explorar Madrid. Um dos locais mais animados da cidade.


Seguimos nossa caminhada at√© a Plaza de Colon, um amplo espa√ßo aberto que tem como destaque um enorme monumento a Crist√≥v√£o Colombo (Col√≥n, em espanhol), constru√≠do entre 1881 e 1885. L√° entre as ruas poder√° ver: Torres de Col√≥n, Monumento a Col√≥n, Jardins do Descobrimento e Bandeira da Espanha.



No meio da movimentada Plaza de la Independencia encontra-se um dos marcos mais conhecidos de Madrid: a Puerta de Alcal√° ou Alcala Gate.


Em frente est√° o Parque del Buen Retiro, o mais importante da cidade e conta com diversas atra√ß√Ķes: 
O lago artificial - Nele você pode alugar barquinhos com remos ou fazer um passeio no barco grande.


Monumento a Alfonso XII: Monumento situado em uma das margens do lago anterior, foi inaugurado em 1922. 



Pal√°cio de Cristal: Constru√≠do em 1887 em frente a um lago artificial, o Pal√°cio de Cristal √© a sede de muitas exposi√ß√Ķes tempor√°rias. Inicialmente foi usado como estufa.



Passeio da Argentina: Popularmente chamado de Passeio das Est√°tuas, √© um passeio onde encontraremos est√°tuas de diversos reis da Espanha. 



In√≠cio da tarde e continuamos passeando pelo parque, mas descendo rumo √† Esta√ß√£o Atocha. 1¬ļ esta√ß√£o ferrovi√°ria da Espanha, inaugurado em 1.951. O novo terminal quadruplicou a capacidade da Esta√ß√£o, tornando-a a maior esta√ß√£o ferrovi√°ria de Madri. O AVE, o trem de alta velocidade da Espanha, liga a Esta√ß√£o Atocha a Sevilla e C√≥rdoba.


Logo ao lado fica o Museu Reina Sofia √© um dos museus mais importantes da cidade e oferece uma extensa cole√ß√£o de obras de arte contempor√Ęnea espanhola. 


O museu é realmente extenso, se você gosta muito de arte moderna reserve pelo menos uma ou duas horas para percorrer as partes mais importantes e ver as principais obras.




Saindo de l√°, fomos at√© o Jardim Bot√Ęnico com mais de 5.000 esp√©cies de plantas, um verdadeiro o√°sis.


L√° encontra-se o Paseo del Prado (Museu do Prado). 


Pal√°cio de Cibeles, majestoso edif√≠cio, um dos mais representativos da hist√≥ria de Madrid. Inaugurado em 1919, o edif√≠cio funcionou como sede central dos Correios at√© que foi reformado para abrigar a Prefeitura e um centro cultural. 



√Ārea interna. 



Vista do Pal√°cio. 



No caminho, passamos na Plaza Mayor, localizada logo atrás do hostel. Mais um ponto turístico visitado.


DIA 2
Seguimos at√© a Gran Via e fomos em dire√ß√£o ao Palacio de Liria, onde chegamos caminhando ap√≥s alguns minutos. Local fechado √† visita√ß√£o p√ļblica. 



Ent√£o fomos para o Parque de la Monta√Īa, onde est√° localizado o Templo de Debod, aberto √† visita√ß√£o e acesso gratuito. Esse abriga maquetes, esculturas e coisas antigas. Muito interessante e vale a visita. 


J√° do lado de fora, na parte de tr√°s desse templo, consegue-se ter uma bela vista panor√Ęmica de parte da cidade. 
Dali, seguimos para a Plaza de Espa√Īa. Mais um lugar bem movimentado, grande, bonito e com algumas barraquinhas que vendiam camisetas e outros tipos de lembran√ßas. 



Seguindo o roteirinho que havia tra√ßado previamente, passamos pelo Senado e seguimos ent√£o para a Plaza OrienteūüĎá, que fica em frente ao Pal√°cio Real. Ali, muitos turistas se concentram depois da visita ao Pal√°cio Real.


O palácio é muito grande. Realmente a maior atração turística da região.

Compramos o ingresso por €10 e entramos. Ap√≥s a entrada, surge um enorme p√°teo com lindos postes de ilumina√ß√£o. O interior do pal√°cio mant√©m m√≥veis e decora√ß√£o. Tudo antigo, em perfeito estado de conserva√ß√£o e claro, maravilhoso. Mas filmagens e tirar fotos n√£o √© permitido e, tudo √© muito bem vigiado.



Depois, fomos at√© a Catedral de La Almudena. Em ambos os locais n√£o era permitida a visita√ß√£o interna no hor√°rio em que estava por ali. 




Seguimos para os Jardines de Sabatini, que fica ao lado do Pal√°cio Real. Na verdade, os locais que mencionamos ficam todos um ao lado do outro.


Atravessamos esse jardim, e nos deparamos mais abaixo, com a Estação Principe Pio e Puerta del Principe Pio. Um lugar mais lindo que o outro.



Seguimos pela Calle de Segovia passando pelo Parque de Atenas.



E depois Calle Mayor, chegando ao Parque Emir Mohamed. √Č um local cercado por grades onde se pode ver ru√≠nas.



Seguindo, Jardines Vistillas... 



...Basílica de San Francisco el Grande...


...Parque de la Cornisa...



...Puerta de Toledo... 



...Plaza Canova del Castillo 




Lembra do Palácio de Cibeles? Que não conseguimos visitar o mirante? Pois é. Agora conseguimos.



DIA 3
Nosso √ļltimo dia na bela capital espanhola. Destino principal era o Est√°dio Santiago Bernabeu (Real Madrid). 

Avistamos o grande est√°dio do Real Madrid. Claro, muitos turistas por ali. Compramos meu ingresso por €16. 



O passeio interno segue um percurso definido. Iniciamos subindo e de cima, tivemos uma vista geral das arquibancadas e gramado. 



Depois passamos pela galeria com fotos, trof√©us e etc. Grande destaque para o lateral esquerdo brasileiro que atuou pelo time durante 11 anos, Roberto Carlos. 


Mas claro ali tamb√©m tem muita foto de outros tantos jogadores brasileiros famosos que jogaram pelo time e jogadores de outras nacionalidades. Na sequ√™ncia do passeio, arquibancadas, lateral junto ao gramado, vesti√°rios e loja.




Final da tarde, seguimos para Valência.

Nenhum coment√°rio:

Postar um coment√°rio