Páginas

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Socorro/SP



📌SOCORRO/SP📌







Um pequeno município do Estado de São Paulo, fica às margens do Rio do Peixe e na Serra da Mantiqueira, é considerada a Terra do Turismo de Aventura, e além disso tem fábricas de malhas e tricô.

DIA 1
Chegamos na cidade no final da tarde, vindos de Bueno Brandão (acessem o post aqui👇http://viajantesdemochila.blogspot.com.br/2018/01/bueno-brandaomg.html), e fomos direto para o Mirante do Cristo. O acesso se dá pela Av. XV de agosto, próximo ao portal Lions, com entrada gratuita. O local é bem estruturado e conta com um centro de informações turísticas.

Vista linda da cidade!!


DIA 2
Nosso primeiro passeio do dia logo às 8h da manhã foi conhecer a famosa Gruta do Anjo, mas o local só abriria às 9h, ou seja, uma hora esperando.


Pagamos uma taxa de R$ 25,00 por pessoa incluso andar de pedalinho. O que achamos: o valor é bem salgado, claro que é um passeio bem diferente, mas também não precisa exagerar né? A gruta não é tão grande assim, e a única atração são os pedalinhos, que por sinal, estão em funcionamento apenas uns 4 ou 5 e uns 3 estão lá parados, sem manutenção ou quebrados. A volta no lago também é rapidinha, uns 15 a 20 minutos. 
Nos na verdade visitamos porque era nosso caminho de volta para casa, então aproveitamos, mas não sei se compensaria ir para lá, só para esse passeio.

Bom, subimos de carro quase até a entrada da gruta👇, e caminhamos uns 2 minutos por esse caminho.


Entrada!


Como fomos um dos primeiros, já fomos para fila do pedalinho.


O passeio demora o tempo que você faz o circuito, cada um faz em um tempo, mas é ir até o fundo da gruta e voltar, aproximadamente uns 20 minutos é bem rapidinho. 


No fundo da gruta, super escuro não há iluminação!


Final do passeio de pedalinho!!


Uma breve explicação sobre a gruta: é artificial e surgiu com a exploração de feldspato, quartzo e granito em 1960 e foi desativada em 1.995.


Saindo de lá, fomos para o Parque Kango Jango, um parque em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, cercado pelo Rio do Peixe, suas ilhas e corredeiras. 
Lá existem diversas atividades como: arvorismo, tirolesa, rafting, piscina, restaurante e muito verde. Ficamos na dúvida entre tirolesa e rafting, mas optamos pela segunda opção. 


Foi nossa primeira vez, e confessamos que estávamos um pouco apreensivos, mas foi super tranquilo.
O local e bem estruturado e conta com ótimos profissionais, o passeio começa com uma explicação e muitas orientações de como será o passeio. Depois colocamos os coletes e capacetes e cada um pega o seu remo. Em uma van somos levados há uma distância de aproximadamente 4 km, que era o total do percurso que desceríamos o rio.

Um pouco antes de entrar no rio com nosso instrutor!


Primeira corredeira!!


Maior emoção!!!


Tiveram outras corredeiras, mas nada que se compare a essa, foi maravilhoso e pretendemos praticar mais vezes!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário