Páginas

sexta-feira, 4 de janeiro de 1980

Barra do Ribeira - SP





Barra do Ribeira é um povoado situado a 18 Km do centro de Iguape, no litoral sul do Estado de São Paulo. É ali onde o Rio Ribeira desagua no mar. Possui atrativos como a praia da Juréia, Rio Suamirim e Rio Ribeira. Local bom para pesca, prática do surfe e passeios de barco e caiaque. É, também, a porta de entrada para o Costão da Juréia/ Estação Ecológica Juréia-Itatins.

Esse foi o lugar escolhido para se aproveitar o feriado de Páscoa.


QUINTA-FEIRA


Ainda pela madrugada a partida de Campinas. Seguindo, Sorocaba, depois Votorantin e a descida da serra pela SP-079. Estradinha de mão única, difícil de ser percorrida. A estrada é muito antiga e cheia de curvas. Sendo assim, percurso longo, muito longo.
Já com o dia claro, a Rodovia Régis Bittencourt. Retorno em direção a São Paulo por alguns quilômetros e o caminho agora era pela SP-222 até Iguape.


O acesso a Barra do Ribeira se faz através de balsa. Umas 10h lá chegava. A procura pela pousada foi fácil, já que o povoado realmente é pequeno. Pronto. Hora de comer e depois, passear a tarde toda na praia (FOTO), mesmo com o tempo não estando tão bom.


As praias não enchem muito e é um lugar bacana para que prefere natureza e tranquilidade.


Retorno no finalzinho da tarde, jantar e descansar, já que a viagem tinha sido bem cansativa.


SEXTA-FEIRA


Acorda cedo, toma café da manhã e, praia!!!!, Caminhando. Como mencionado antes, é um vilarejo e tudo fica perto, inclusive a praia. As ruas são de terra. Uma tranquilidade só.


Um tempo ali pela praia que não estava cheia. Algumas pessoas tentando um bronzeado quando o sol aparecia dentre as inúmeras nuvens, outras reunidas ouvindo músicas, famílias caminhando ao longo da praia, bicicletas que iam e vinham, etc.


Mais ou menos às 12h, a fome "bateu" e a escolha foi comer em um restaurante. Na sequência, ir até a praia de carro e percorrê-la de ponta a ponta (FOTO). Muito bacana. Quilômetros e quilômetros à beira mar, em meio a natureza. De vez em quando, cruzava com um ou outro veículo, fazendo o mesmo passeio.


Mais banho de mar e o tempo foi piorando. A chuva já “dava às caras”. Como já se aproximava do final da tarde, retornar era preciso. Daí, passear pelo vilarejo, para depois, jantar e enfim, descansar.


SÁBADO

Último dia desse feriadão.

Acorda cedo e café da manhã, que era muito bom.


Mais um dia nublado. Mas claro, a pedida foi, a praia.
Antes do horário do almoço, o “check out” na pousada e o destino foi Iguape. A travessia da balsa foi relativamente tranquila. Não demorou muito.


A idéia agora era almoçar e conhecer um pouco de Iguape (FOTO). E foi justamente o que aconteceu, partindo de volta para Campinas, por volta das 14h.
 Como na vinda o percurso pela SP-079 foi demorado e chato, a idéia foi seguir pela Rodovia Régis Bittencourt até o Rodoanel e dali Rodovia Anhanguera até o destino final.
No começo, tudo lindo. Mas ali pelas imediações de Juquitiba, o trânsito se tornou um caos. Muito congestionamento, tráfego hiper lento e alguns desvios.


Mas tudo bem, já que Barra do Ribeira valeu muito a pena.
Finalzinho da tarde e enfim, Campinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário