Páginas

sexta-feira, 4 de janeiro de 1980

Argentina





ARGENTINA

Estava passando em frente a uma agência de viagens e lá estava uma grande faixa anunciando uma super promoção de pacote para a Argentina. Isso mesmo, Argentina de Maradona, Messi, Evita, Gardel, ... Pois é!
Ah, nem tive dúvida, já que teria uns dias livres em breve. Passagens aéreas de ida e volta pela British Airways, Waldorf Hotel na Calle Paraguay 450 (pertinho da Calle Florida) e city tour inclusos, por um precinho para lá de convidativo.
Entrei e comprei!



20 de janeiro


3h30! Acorda!!!!!! Afinal tinha que ir de Campinas para Guarulhos, pois meu voo saia de lá às 7h40, direto para Buenos Aires. Consegui uma carona de carro de Campinas até o aeroporto em Guarulhos e deveria estar no aeroporto com 2h de antecedência para o “check in”.



Tudo deu certo. “Check in” feito, entrei para a sala de embarque e de lá já pude avistar o avião. Enorme! Vinha da Inglaterra e fazia escala aqui no Brasil.



Embarquei e logo me acomodei para as próximas 2h40 de voo que separam São Paulo de Buenos Aires. Voo tranquilo.



10h20 no horário local estava em solo Argentino. Peguei um taxi direto para o hotel. O aeroporto fica longe da região turística de Buenos Aires. Mais alguns minutos e lá estava eu, no hotel. Pequeno, bonito, bem limpo, ... Gostei. Deixei as coisas no quarto, pedi informações na recepção e fui almoçar. Ali pertinho mesmo, comi purê de abóbora, um pedaço gigante de carne, salada e tomei uma gasosa. Pronto! Agora, bem alimentado e com forte calor, era passear. Retornei ao hotel e perguntei sobre o “city tour”. Me informaram que sairia às 14h, ou seja, dali uns minutos. Aí estava minha programação da tarde feita. O retorno aconteceria lá pelas 17h.



Minutos depois das 14h o guia estava a me procurar no hotel. Lá ia eu. Pega uns turistas aqui, outros ali e seguimos para o tour propriamente dito. Museo Nacional de Belas Artes, Monumento a Evita, San Telmo, La Boca com direito ao Estádio La Bombonera do Boca Juniors, Recoleta, El Caminito (FOTO), Plaza 25 de Mayo, Casa Rosada, Puerto Madero, Teatro Colón, Avenida 9 de Julio e o Obelisco, a Avenida de Mayo, o Congresso, Retiro, Palermo. Fim de passeio. Fim da tarde. Ah, mas como ainda restava um tempinho antes da noite chegar, era merecido um passeio à Galeria Pacífico, que fica ali perto do Waldorf Hotel.


Sem dúvida, que lugar lindo parta se visitar. Minutos e minutos caminhando pelo local. Agora sim, poderia encerrar meu dia de passeio. Bastava apenas comer algo e voltar para o hotel, pois a noite já se fazia presente. Sair nessa noite? Melhor não, pois estava cansado e pensava em acordar cedo no dia seguinte.



21 de janeiro


Acordei cedo e fui para a Plaza San Martin e Torre Monumental. Visitei a Estacion Del Retiro. Hiper limpa, grande e maravilhosa. Segui pela Calle Alvear, passando pela Embaixada do Brasil. Cheguei e visitei o Cementerio de La Recoleta, túmulo de Evita e Basílica Del Pilar, Centro Cultural La Recoleta, Buenos Aires Design com o Hard Rock Café. Segui conhecendo a pé o Museo Nacional de Belas Artes e Escultura de La Rosa (FOTO) (sensacional).


Opa, a fome apertou. Mas também, já era do almoço. Rapidinho encontrei um lugar por ali para comer alguma coisa. O calor era forte e não tive dúvidas em além de beber água, me deliciar com uma gasosa. Pomelo.



Hora de prosseguir. Fui então para o Paseo Alcorta. Shopping grande, com muitas lojas bacanas. Valeu a caminhada. Metade da tarde. Segui então para conhecer, a pé, o Jardin Japonês, o Planetário Galileo Galilei, o Rosedal e as imediações. Lugares muito bonitos e numa região super bacana.



Já passava da metade da tarde. Decidi seguir em direção ao Shopping Alto Palermo. No caminho, o tempo foi mudando. O sol se foi e tudo indicava que iria chover muito em breve. Pois caminhando, quando avistei o shopping, ainda na rua, lá veio a chuva. Para minha sorte, foi rápida e alguns minutos depois já tinha cessado. Mas observei que estava no final da tarde. Só me restava conhecer o shopping e retornar para o hotel, pois a noite a programação era um jantar com tango. Foi o que aconteceu: super jantar com tango.



22 de janeiro


E aí? Acabaram os passeios? Nada!



Acordei, tomei café e saí. Desci em direção ao rio, na Avenida Antártida Argentina. Fui caminhando por ali para conhecer o Puerto Madero. Antigamente era mesmo um porto, local feio e perigoso. Mas revitalizaram tudo. Coisa linda. Local imperdível com restaurantes, Palacio Del Correo, Puente de La Mujer, Fragata Uruguay e muito mais. Resolvi iniciar meu caminho de volta pelo bairro San Telmo e Montserrat, zig zagando pelas ruas para realmente apreciar tudo que fosse possível. Na hora do almoço, foi por ali mesmo, que encontrei um restaurante onde mais uma vez, me esbaldei com a maravilhosa comida, incluindo um enorme baby beef.



Fui conhecer a Plaza Del Congreso e o Congreso Nacional. Ali me deparei com muitos moradores de rua. Mas nada a temer.



Desci pela Avenida de Mayo e fui até a Casa Rosada, Histórico Del Cabildo, Catedral Metropolitana e tudo de legal que tem nessas redondezas.



Infelizmente o final da tarde se fazia presente. Impressionante como quando estamos adorando tudo, o tempo passa hiper rápido. Mas, enfim, ...



Fui então até a Avenida 9 de Julio para apreciar sua enormidade. Não se consegue atravessá-la de uma única vez quando o semáforo fecha a não ser que se faça isso correndo. Larga? Que isso!



Ali está o famosíssimo Obelisco (FOTO). Seguindo, fui conhecer o também famoso Teatro Colón.


Vixe, a noite chegava. Corre para o hotel, pois logo mais visitaria um Casino. Uau, minha primeira vez em um casino. E claro, iria apostar alguma coisa. Vai que eu ganho e saio milionário da Argentina!? Eheheheh!



Peguei um taxi, que aliás, além de muito seguro, é barato também. Não hesite.



Casino Billionaire (http://www.casinobillionaire.net/). Sensacional. Claro, lá fui eu apostar. Bem, ganhei um pouquinho e perdi um poucão. Ahahahah. Faz parte.



Altas horas e, uma boa noite de sono me aguardava, já que ainda teria toda a manhã do dia seguinte para continuar desfrutando da maravilhosa Buenos Aires.



23 de janeiro


Acordei cedo. Agora era aproveitar até umas 11h, pois meu voo de retorno ao Brasil sairia no início da tarde.



Fui até a Calle Florida (FOTO) e caminhei lentamente por ela. As lojas iam abrindo aos poucos. Aproveitei para fazer compras, não me esquecendo claro, de alfajor!


Pouco mais de 10h e estava de volta ao hotel, fazendo o “check out”. Para o aeroporto fui de táxi, cheguei, fiz “check in” e o voo saiu às 13h20.



Já próximos de pousar em Guarulhos, fomos informados sobre o mal tempo e o aeroporto estar fechado para pousos e decolagens. Advinha? Pousamos em Viracopos (Campinas), mas não poderíamos deixar o avião. Caramba, me deixa descer. Moro aqui e esse é meu destino final, pô!



Alguns minutos em solo e os passageiros agitados. Decolamos com destino a Guarulhos.



Finalzinho da tarde, desembarquei e lá estavam me aguardando. Eheheh. Carona até Campinas de novo.



Tá planejando ir para Buenos Aires à passeio? Vai nessa! Vale a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário