PƔginas

terƧa-feira, 2 de janeiro de 2018

Curitiba e Morretes - PR

šŸ“ŒCURITIBA

E

MORRETESšŸ“Œ




MunicĆ­pio localizado no sul do paĆ­s, mais precisamente capital do ParanĆ”, sendo a oitava mais populosa do Brasil. O nome da cidade veio da expressĆ£o "kur yt iwa", usada pelos Ć­ndios tingui, que significava lugar cheio de pinheiros.
Ɖ tambĆ©m conhecida pelas suas Ć”reas verdes e planejamento urbano.

DIA 1
Aproximadamente Ć s 8h e fomos atĆ© a PraƧa Tiradentes, de onde partiria a “jardineira” (FOTO)Parte superior descoberta (sem teto). E junto, sempre, acompanha um Ć“nibus normal, de apenas um andar. Claro embarcamos no de 2 andares, e jĆ” fomos para parte superior.šŸ˜‰
InformaƧƵes sobre esse passeio acessem o linkšŸ‘‡
http://www.curitibacity.com/pt/linha-turismo-jardineira.html


Passamos pelo Teatro PaiolšŸ‘‡, um espaƧo cultural e auditĆ³rio para teatro e espetĆ”culos musicais.šŸŽ¶ 


Mas nossa primeira descida foi no Jardim BotĆ¢nico (FOTO), ou Jardim BotĆ¢nico Francisca Maria Garfunkel Richbieter, um dos principais pontos turĆ­sticos da cidade, localizado do Jardim BotĆ¢nico.   
Inaugurado em 1991, o jardim contƩm espƩcies do Brasil e do exterior, em uma estufa construƭda em estrutura metƔlica toda revestida de vidro, com jardim e uma Ɣrea enorme com trilhas para caminhadas.


InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/jardim-botanico/1674

Mais ou menos 1h de caminhada atĆ© o Parque CapĆ£o de Imbuia (FOTO), possui 39 mil metros de densa mata, com Ć”rvores nativas. Aqui o vistante poderĆ” aprender sobre a fauna e a flora local no Museu de HistĆ³ria Natural, uma das principais atraƧƵes do local.


InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/bosque-capao-da-imbuia/1311

Retornamos ao Jardim BotĆ¢nico, para o primeiro reembarque na jardineira. Depois de um longo percurso (dessa vez na parte inferior), desembarcamos no Bosque do AlemĆ£o (FOTO), uma antiga chĆ”cara de 38 mil m² da famĆ­lia Schaffer, formada por mata nativa densa, e foi criado para homenagear a cultura e as tradiƧƵes que os imigrantes alemĆ£es trouxeram para Curitiba. 


InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/bosque-alemao/1099

Mais um reembarque, rumo a Ɠpera de Arame (FOTO), Ć© um teatro, feito de tubos de aƧo e estruturas metĆ”licas, 
com teto em policarbonato e capacidade para 2.400 espectadores. A entrada Ć© por uma ponte de ferro vazado, sobre um lago onde se consegue ver peixes e cisnes.



InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/opera-de-arame/1611

Como era ao lado, fomos caminhando para a cratera da Pedreira Paulo LeminskišŸ‘‡ (espaƧo de espetĆ”culo ao ar livre).


Andamos aproximadamente entre 45 minutos atĆ© o  Parque TanguĆ” (FOTO), um dos principais parques da cidade, inaugurado em 1996, e construĆ­do onde existiam 2 pedreiras, atualmente desativadas.



Com uma Ć”rea de 235 mil m², possui dois lagos e um tĆŗnel artificial de 45 metros, que pode ser atravessado Ć  pĆ© por uma passarelašŸ‘‡ sobre a Ć”gua.



InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parque-tangua/1534

Bora conhecer o Parque Tingui (FOTO), com uma Ć”rea de 380m², possui lagos, pontes de madeira coberta, parque infantil, ciclovia e muita Ć”rea verde. Uma das principais atraƧƵes Ć© o Memorial Ucraniano, inaugurado em 1995, em homenagem aos imigrantes ucranianos que vieram para essa regiĆ£o do Brasil no sĆ©culo XIX. 


InformaƧƵes gerais do Parque acesse o linkšŸ‘‡
Mais um reembarque (o terceiro), agora passamos pelo Restaurante Madalosso, e pelo Parque Barigui (FOTO), um dos maiores parques da cidade com nada menos que 1,4 milhĆ£o m²šŸ˜®šŸ˜®. AlĆ©m de muita Ć”rea verde e um grande lago de 400 mil m² formando uma represa. Fora isso conta tambĆ©m com:  sede campestre, churrasqueiras, equipamentos de ginĆ”stica, restaurantes, canchas poliesportivas, quiosques, Museu do AutomĆ³vel, EstaĆ§Ć£o Maria FumaƧa, parque de exposiĆ§Ć£o, parque de diversĆ£o e pista de bicicross. Demais nĆ©!!


InformaƧƵes gerais do Parque acesse o link
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parque-barigui/1702

ƚltimo passeio do dia, o Mirante da Torre TelefĆ“nica, com 109,5 metros de altura, inaugurada em 1991, do alto Ć© possĆ­vel ter uma visĆ£o de 360Āŗ da cidade. JĆ” no tĆ©rreo possui o Museu do Telefone e uma sala para sessƵes de vĆ­deo, sobre Curitiba.


InformaƧƵes de horĆ”rios e ingressos acessem o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/torre-panoramica/80

Novamente reembarcando na jardineira e fomos atƩ Ơ PraƧa Tiradentes, nosso ponto de partida.


DIA 2
Hoje o passeio seria caminhar pela ruas da cidades e iniciamos nas imediaƧƵes da CatedralšŸ‘‡ e PraƧa Tiradentes. 


Logo paramos no PaƧo da Liberdade (FOTO), que jĆ” foi sede da Prefeitura e hoje Ć© um centro cultural multifuncional administrado pelo SESC.


Dali seguimos para o Largo da Ordem. Por ali tem famosas Igrejas, o Belvedere, as RuĆ­nas (FOTO), resquĆ­cios de uma construĆ§Ć£o inacabada do que viria a ser a Igreja de SĆ£o Francisco de Paula e depois seguimos para Museu Paranaense.  


Agora Memorial Ɓrabe, ColĆ©gio Estadual do ParanĆ” e Passeio PĆŗblico (FOTO), muito verde, espaƧo de lazer, lagos, pontes e ilhas, um Ć³timo lugar para desfrutar umas horinhas bem na regiĆ£o central da cidade.


Mais informaƧƵes sobre o parque acessem o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/passeio-publico/1617

Seguimos caminhando atĆ© ao Bosque JoĆ£o Paulo II (FOTO), inaugurado em 1980 depois que o Papa visitou Curitiba, com uma Ć”rea de 49 mil m². Existem ainda sete casasšŸ‘‡ construĆ­das pelos poloneses com troncos de pinheiro encaixados. Anualmente no bosque realizam-se eventos culturais de tradiĆ§Ć£o polonesa. 


Mais informaƧƵes sobre o parque acessem o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/bosque-do-papa/1104

Ao lado do bosque o famoso Museu Oscar Niemeyer (FOTO), alguns conhecem como "museu do olho". 


Ɖ um complexo de dois prĆ©dios, destinado a obras de arte. O foco da instituiĆ§Ć£o sĆ£o as artes visuais, a arquitetura e desing.


Ingressos e horĆ”rios acessem o linkšŸ‘‡
http://www.museuoscarniemeyer.org.br/visite/ingressos-horarios

Depois de visitarmos o Museu seguimos para o Centro CĆ­vico, PalĆ”cio do Governo do Estado, Prefeitura e seguimos para o Shopping Mueller, PraƧa 19 de Dezembro, Universidade do ParanĆ” e o teatro GuairĆ”.

DIA 3 
Dia de passeio de trem (FOTO) para Morretes. Seguimos para estaĆ§Ć£o rodoferroviĆ”ria (Av. Presidente Affonso Camargo, 330 - Jardim BotĆ¢nico). Aproximadamente 4h15 de viagem!!


Fizemos o passeio de trem com a agĆŖncia Serra Verde Express, abaixe o linkšŸ‘‡ 
https://serraverdeexpress.com.br/passeios-de-trem/

Conforme fomos saindo de Curitiba, evidentemente, a paisagem ia mudando. Podia-se observar matas, pastagens, rios, ...



Passeio extremamente diferente, interessante e com paisagens belas, descendo a serra do mar.
Quase 12h, chegamos ao nosso destino: Morretes (FOTO). Uma pequena cidade, com muitas lojinhas que vendem produtos locais, e com belos casarƵes e construƧƵes histĆ³ricas.


Depois de um passeio pela cidade fomos experimentar o famoso Barreado (um ou mais tipos de carne bovina de segunda e magra, temperados com cebola, alho, toucinho de porco, pimenta-do-reino, louro e cominho e cozida atĆ© desmanchar, depois Ć© misturado com farinha de mandioca, e servida com arroz e banana da terra fatiada). Que delĆ­cia!!šŸ˜‹šŸ˜‹ 

As 15h, o trem retornou para Curitiba, sempre com bela paisagens (FOTO). Agora o trem estava mais vazio, jĆ” que muitos optam por retornar de Ć“nibus e vans. Mais rĆ”pido e barato. 


DIA 4

O dia seria de caminhada para conhecer mais alguns pontos da cidade, vamos apenas citar os lugares que passamos, pois nenhum deles foi de visitaĆ§Ć£o e nĆ£o sĆ£o considerados locais super turĆ­sticos. Foram eles: PrĆ©dio dos Correios no centro, Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, EstĆ”dio Durival Britto, pertencente ao ParanĆ” Clube, FundaĆ§Ć£o Cultural de Curitiba e ParĆ³quia do Imaculado CoraĆ§Ć£o de Maria, EstĆ”dio do Clube AtlĆ©tico Paranaense, a Arena da Baixada. 

Chegamos Ć  PraƧa do JapĆ£o (FOTO), uma homenagem a imigraĆ§Ć£o japonesa, possui lago de carpas, cerejeiras enviadas do JapĆ£o, cerimĆ“nia de chĆ” e biblioteca.


Seguimos caminhando, passando pela Igreja do Batel, e pelo imponente Castelo do Batel (FOTO), que atualmente Ć© um centro de eventos, mas jĆ” abrigou hospedes ilustres atĆ© famĆ­lias de polĆ­ticos... 


Continuando a caminhada passamos pela PraƧa General OsĆ³rio, pela Rua 24 Horas, PraƧa Ruy Barbosa, e depois fomos conhecer o famoso Shopping EstaĆ§Ć£o que no mesmo espaƧo encontra-se o Museu FerroviĆ”rio de Curitiba (FOTO), com exposiĆ§Ć£o de peƧas histĆ³ricas e suas instalaƧƵes buscam reproduzir o antigo funcionamento da estaĆ§Ć£o.


InformaƧƵes sobre o museu acessem o linkšŸ‘‡
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudos/museus/140/2

Depois fomos conhecer o Museu do ExpedicionĆ”rio (FOTO), apresenta a histĆ³ria da participaĆ§Ć£o Brasileira na Segunda Guerra Mundial, em especial os soldados paranaenses. Possui documentos da Ć©poca, mapas, livros, materiais bĆ©licos e armamento utilizado na guerra.


Assim foi nossa trip por Curitiba, adoramos essa cidade e pretendemos voltar um dia!!šŸ˜‰


Nenhum comentƔrio:

Postar um comentƔrio